Peritos poderão vasculhar Facebook para cortar auxílio-doença

materia 150816

 

Um médico perito que participou da definição dos detalhes do pente-fino informou

à Folha de S.Paulo que a perícia vai além do exame físico

 

O pente-fino nos benefícios por incapacidade do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), programado para começar neste mês, vai inspecionar também as informações divulgadas pelos segurados em redes sociais, como é o caso do Facebook.
 
Um médico perito que participou da definição dos detalhes do pente-fino informou à Folha de S.Paulo que a perícia vai além do exame físico. Ele afirmou ainda que esse tipo de pesquisa já pode ser considerada padrão.
 
Portanto, o segurado que exibe uma vida movimentada, feliz e festeira em seus perfis nas redes sociais e está recebendo um benefício por incapacidade deve ficar esperto, pois o comportamento, ainda que simulado, pode ser usado para considerá-lo saudável e apto a voltar ao mercado de trabalho.
 
No ano passado, a AGU (Advocacia-Geral da União), que representa o INSS em ações judiciais, apresentou as publicações de uma segurada de Ribeirão Preto (313 km de SP) no Facebook para comprovar que, ao contrário do que afirmava, não tinha depressão grave. A segurada chegou a receber o auxílio-doença com o pedido administrativo, mas foi à Justiça após o corte do benefício. O órgão apresentou publicações em que ela dizia se sentir animada e que o ano estava sendo maravilhoso.
 
 
 
{fcomment}
 
 
LEIA TAMBÉM  Academia Nayure de Judô traz 5 campeões para Garuva na 2º etapa da Liga Catarinense de Judô...
SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here