Entenda os perigos do micro-ondas para sua saúde

 

Perigos do microondas para sua saúde2. a jpg

 

 

Leva títulos positivos, como útil e prático, mas os perigos do micro-ondas para a sua saúde podem suprimir qualquer benefício deste item mais que necessário da vida moderna. O conteúdo nutricional dos alimentos que passam pelas ondas deste aparelho fica seriamente comprometido, senão totalmente danificado. Os efeitos negativos também se estendem ao organismo.

 

A pizza deliciosa, super fácil de preparar neste eletrodoméstico, economiza um bom tempo, normalmente gasto em frente à TV, ou ao computador. Porém, todos os alimentos preparados ou aquecidos num micro-ondas são bombardeados por ondas eletromagnéticas que podem converter a comida numa potencial substância cancerígena

 

Entre 60 e 90% do teor nutricional é exterminado. Elimina quase que totalmente a Vitamina B12, os flavonoides e os glicosídeos, sendo que diminui de maneira significativa as vitaminas E e C. Os minerais também são afetados. A probabilidade é o desenvolvimento de tumores no estômago e no fígado, ou da ocorrência de câncer no sangue.

 

O costume, por exemplo, de colocar a mamadeira com leite para aquecer no micro-ondas pode ser rápido, todavia, tanto o leite materno, quanto as fórmulas lácteas infantis têm suas enzimas destruídas. Na prática, um bebe alimentado desta maneira, estará, basicamente, desnutrido. Além disso, quando do aquecimento no micro-ondas, as fórmulas infantis têm os aminoácidos convertidos em isômeros sintéticos. Estes são biologicamente inativos, ou seja, prejudiciais para o sistema nervoso e para os rins da criança. Aquecer alimentos em recipientes plásticos, aliás, é mais um agravante.

 

LEIA TAMBÉM  Polícia Militar de Garuva atende ocorrência de furto de carga

Você chega do trabalho, cansado e com uma fome de leão, corre na geladeira, pega seu jantar e o mais rapidamente possível, empurra-o no micro-ondas, impaciente para ouvir o sinal sonoro? Há outro alarme em questão: comida aquecida em vasilhas ou recipientes plásticos podem deixá-lo extremamente vulnerável à diabetes, obesidade e até ao câncer. Isso porque tantos embalagens, quanto recipientes plásticos contêm uma substância denominada Bisfenol A, que pode ser transferida para o alimento durante o processo de aquecimento, deixando-o vulnerável às condições anteriormente mencionadas. A lista de males também inclui debilidade do Sistema Imunológico, distúrbios emocionais, perda de memória, diminuição da produção de hormônios e até empobrecimento do Qi.

 

O debate sobre essa questão é longo e conflituoso. Há quem defenda que cozinhar no micro-ondas é saudável e nutritivo. Há que ponderar, todavia, em que grupo econômico está estes defensores, e considerar todos os critérios relevantes à questão. É importante analisar o nível de preocupação que se tem com a própria saúde, ou a quantidade de vezes que se usa o aparelho.

 

LEIA TAMBÉM  Assaltantes simulam blitz e roubam carro na Serra Dona Francisca

Ainda que apelar para método antigo de preparação da comida signifique horas intermináveis à beira do fogão, recebendo o calor da panela, que depois terá que ser lavada, enxugada e guardada, pode ser esta a escolha mais sábia. E se a voz do povo é a voz de Deus, fica o dito popular para reflexão: panela velha é que faz comida boa… 

 

Fonte: bolsademulher.com

 

{fcomment}

 

 

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here