Encouraçada, Volátil ou Saudável, que tipo de pessoa você é?

encoraçado

 

Uma das coisas mais ridículas que ouvi é aquele famoso dito popular de que  “Homem não chora”. Uma simples afirmação, carregada de preconceito e ignorância. Ela fica ainda mais intolerável e cruel quando antecedida pela expressão “Engole o Choro”. As principais vítimas obviamente são as crianças do sexo masculino.

 

Muitos meninos ouviram estas palavras e ficaram proibidos de simplesmente expressar seus sentimentos. Meninos que nunca sequer ouviram falar sobre os acalorados debates entre gênero e sexo, meninos que apenas queriam demonstrar biologicamente suas frustrações, tristezas e dor. Meninos que apenas queriam chorar.

 

Os pais (perpetuadores sem consciência de uma cultura bárbara), agem como verdadeiros algozes,  mal sabem que além de calar as lágrimas de seus rebentos, silenciam também a autoconfiança, o amor próprio, a liberdade de expressão, entre outras emoções, que contribuirão na formação de pessoas instáveis, tornando-a semelhante á um vulcão adormecido, mas em constante atividade, prestes a explodir.

 

Crianças proibidas de expressar seus sentimentos tornam-se adolescentes reprimidos e superficiais, temerosos em construir relacionamentos sólidos, pois são incapazes de acreditar na possibilidade de serem amados. Entram na vida adulta totalmente instáveis, com milhares de sentimentos reprimidos, acondicionados em um coração blindado pelo tempo. Alguns permanecerão assim por toda a vida, e transformam-se em verdadeiros encouraçados, como os antigos návios de guerra, fechados e protegidos, mas sempre prontos a atacar. Alguns momentos a pressão ficará insuportável e a pouca vazão desta couraça, sofrerá uma metamorfose  e estes sentimentos reprimidos se revelará através de doenças psicossomáticas  latentes. Contudo a pior moléstia dos encouraçados, é que sem perceber eles se transformam em pais que perpetuam e reproduzem novos encouraçados ou voláteis.

 

LEIA TAMBÉM  Acidente de trânsito resulta na morte de jovem de 24 anos em Garuva...

Os voláteis são aqueles inconstantes, que a qualquer momento podem se transformar, podem inclusive em algum momento romper a couraça construída pelo tempo, e derrepente aquele vulcão adormecido entra em erupção, provocando verdadeiras avalanches de dores, desilusões e revolta. Eles são incapazes de conter sozinha esta explosão. Quantas vezes ouvimos histórias de feitos inimagináveis cometidas por pessoas completamente inofensivas e “normais”. Muitas dessas pessoas são consequências de uma educação totalmente castradora e então se transformam em voláteis.

 

Alguns voláteis necessitam de auxílio, é imprescindível  ter alguém ao seu lado, em que  possa confiar, pois toda ajuda é importante na hora de administrar o rompimento da blindagem sentimental. Existem casos que precisam de acompanhamento de um profissional. A falsa sensação de liberdade e o aparente controle nesse processo de liberação, a vida de muitos voláteis ficam comprometidas para sempre.

 

LEIA TAMBÉM  Abertas, até 18 de agosto, inscrições para candidatos ao Encceja Nacional...

Por último, mas não menos importante, temos os saudáveis. Estas pessoas são aquelas que nunca se depararam com aquelas miseras frases do “Engole o Choro” e “O Homem não chora”. Nunca estiveram sob os cuidados dos encouraçados, por isso quando sua criança for chorar, pensa nas palavras que vai dizer, saiba que sua atitude influenciará muito naquilo que ela irá se tornar, pois a responsabilidade é somente sua . Encouraçados, voláteis ou saudáveis, o que você quer para seus filhos?

 

Por: Edevânio Francisconi Arceno

 

{fcomment}

 

 

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here