Em entrevista, Dr. Rodrigo avalia seu primeiro ano de gestão

Depois de 11 meses a frente da Prefeitura Municipal de Garuva, o Prefeito Dr. Rodrigo Adriany David fala com o Garuvanet. Confira como foi a conversa.

Garuvanet: Após quase um ano de seu primeiro mandato o que elegeria como principal acerto?

A maior satisfação, administrativamente falando, é a redução de gastos com a folha de pagamento. Ao entrarmos, a folha consumia cerca de 62% da arrecadação do município, atualmente atingimos a média de 50%. Esta é uma conquista adquirida através da redução de cargos comissionados e o direcionamento de servidores efetivos, que foram motivados a exercer atividades de maior responsabilidade.

Esta economia possibilitou a maior de nossas ações neste primeiro ano: o programa Fila Zero, o qual recebeu o investimento de 1 milhão de reais e deve zerar as filas de espera pelos atendimentos clínicos especializados e exames de alta complexidade. Havia 5.000 pessoas esperando por consultas e exames, algumas já há 4 anos! Estes números foram reduzidos drasticamente e a fila praticamente zerada. Este é não só um acerto, mas uma necessidade, ao qual estou muito realizado em termos conquistado neste primeiro ano.

Garuvanet: Sobre a formação da equipe de governo, te agradou o trabalho dos secretários nesse ano?

Certamente! A equipe está muito comprometida, compreendendo a situação financeira e cortando todos os gastos desnecessários. Com isso, economizamos em reformas nas escolas municipais, geramos mais de 70 empregos em uma parceria público-privada, criamos oportunidades de trabalho através de oficinas do CRAS e Biblioteca, capacitamos ainda mais nossos profissionais, realizamos melhorias no perímetro urbano e rural e recebemos um grande apoio das equipes de trabalho em todas as secretarias.

LEIA TAMBÉM  200 alunos da rede municipal são formados no PROERD

Garuvanet: Sobre a Festa do Município, foi positiva a mudança do estilo do evento?

Desvincular a Festa do Colono da Prefeitura foi super positivo, não só por deixarmos de utilizar o dinheiro público, mas também por trazer a comunidade para dentro da festa. A parceria Veteranos, Paróquia São João Batista e CDL foi extremamente benéfica, pois todo lucro da festa foi revertido diretamente à comunidade. O Veteranos construiu uma nova estrutura em sua sede, a CDL irá sortear neste final de ano um automóvel para os clientes de seus associados e a igreja está executando melhorias consideráveis em sua estrutura. Ou seja, todo lucro está à disposição dos munícipes, que é o que nos interessa.

Garuvanet: Sobre a saúde, você considera que o setor melhorou na sua gestão?

Ah, sim! Aquisições como os Carrinhos de Emergência, os automóveis, a nova ambulância que devemos receber do Estado até o início do ano que vem, a contratação de médico complementar para atuar na Unidade de Saúde Centro II, garantem reforço no atendimento e na estrutura à disposição dos procedimentos clínicos. Além disso, tivemos uma redução de 20% na folha salarial da Secretaria de Saúde, o que nos permitiu investir em ações importantes, como o programa Fila Zero, que eliminou a espera de pessoas que aguardavam desde 2012, 2013. Também pudemos dar início aos tratamentos fisioterapêuticos, são mais de 8.000 sessões que já foram iniciadas.

Garuvanet: E a relação com os vereadores?

Relação 100% harmoniosa! Eles têm apoiado nossos projetos, compreendido a atual situação financeira, trabalhado como verdadeiros parceiros em prol o município. Fiquei muito satisfeito com a drástica redução nas despesas com diárias, um percentual altíssimo, 71,82%, é demonstração clara do comprometimento com o bom uso do dinheiro público. Todos estão desempenhando um excelente trabalho!

LEIA TAMBÉM  Nota de Falecimento

Garuvanet: Em relação ao Fundam II, quais projetos serão apresentados?

O Fundam II será totalmente voltado a estrutura urbana. Junto ao Fundam II receberemos também os recursos que foram recuperados do Fundam I, um valor superior a 1,5 milhão, que havia sido perdido. O uso do Fundam I foi utilizado apenas para a construção do CREAS, pois o município não possuía as negativas para sua utilização. Recuperamos este valor e junto ao Fundam II esperamos investir em saneamento e pavimentação.

Garuvanet: Qual a principal prioridade para 2018?

As prioridades são ações que impactam diretamente na vida da população, como a realização de convênios para Cirurgias Complexas, colocar em funcionamento laboratório e Raio-X no UPA, executar Fundam I, II e Avança Cidades, que implica em 13 km de pavimentação.

Garuvanet: O que o povo de Garuva pode esperar do Dr. Rodrigo para os próximos três anos?

Meu total comprometimento! Cuidado especial na saúde e educação, o retorno de programas agrícolas, a atração de empresas que gerem empregos e desenvolva economicamente o município e manter a austeridade fiscal e econômica da prefeitura. Contem com uma gestão responsável do dinheiro público unida a uma grande vontade de realizar o melhor por nossa cidade!

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here