Assaltantes abrem fogo ao serem surpreendidos pela PM

 

 

Por volta das 21h00min do último sábado (09/07) a Polícia Militar de Garuva foi acionada para atender uma ocorrência de roubo à residência, localizada na Rua Santa Teresinha, próxima ao antigo Hospital de Garuva.

 

A vítima de 67 anos, relatou à Polícia que estava assistindo, quando ouviu os cachorros latir e ficarem agitados. Seu esposo saiu para verificar o que estava acontecendo. Quando percebeu, seu marido já estava rendido por um homem armado de revólver. Ao constatar o assalto, o neto da vítima trancou a porta da casa e acionou a Polícia. Os ladrões não conseguiam entrar, até que um dos agentes atirou na porta e forçou a entrada.

 

Dentro da residência a família ficou sob a mira do revólver de um dos ladrões, enquanto os outros vasculhavam a casa. Os agentes levaram os celulares e uma quantia em dinheiro, (não divulgada) e depois fugiram sentido a estrada. Nesse momento os agentes foram surpreendidos pela PM que estava chegando ao local do crime.

 

LEIA TAMBÉM  Homem morre após ser alvejado por arma de fogo no Cubatão

Os agentes só perceberam a presença dos PMs quando se aproximaram, pois os policiais tinham deixado a viatura longe da residência e seguiam a pé para o local informado pela vítima. Quando os policiais viram os quatros homens, deram voz de abordagem aos agentes.

 

Os assaltantes não hesitaram e imediatamente responderam abrindo fogo contra a PM que correspondeu. Testemunhas declararam que ouviram muitos tiros, contudo, aparentemente ninguém foi atingido e os agentes conseguiram escapar entrando na mata.

 

A Polícia de Garuva fez o cerco e contou com o apoio de outras viaturas e uma equipe tática. Foi realizada uma varredura no local, mas ninguém foi localizado. As vítimas declararam que os agentes estavam com toucas balaclava que cobria o rosto e trajavam roupas escuras. 

 

 

 

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here