ARTIGO – Verde ALEGRIA/Verde DOR

verdao

Saltam de alegria os torcedores palmeirenses pela conquista antecipada do Campeonato Brasileiro no último domingo. Após um longo período sem título – agora com orgulho – vestem a camisa verde e passeiam pelas ruas declarando: Somos campeões! Porém, um dia depois, outro verdão, a Chapecoense viaja à Colômbia na esperança de conquistar a Sul-americana.

Basta passar pelo último adversário e também cantar: Somos campeões! Todavia, outro adversário – o qual todos haverão de enfrentar – cruza o seu caminho, a morte. É assim… Enquanto uns pulam, outros choram. É assim, num dia a vitória, noutro a derrota. A tragédia bate à porta da cidade de Chapecó, que lamenta. A tragédia no futebol – paixão nacional – comove o Brasil de ponta a ponta e respinga por todos os cantos deste mundão.

 A Chapecoense, que teve um ótimo ano, vencendo o Campeonato Catarinense, alcançando boa colocação no Brasileirão e quase, quase… Chegando ao memorável título internacional… Enfrenta a morte. O elenco da Chapecoense com excelentes atletas que, no fim do ano renegociavam contratos… Onde alguns atletas já tinham seus passes vendidos, outros sonhavam com boas negociações… Encontra um adversário imprevisto, a morte.

LEIA TAMBÉM  PM de Garuva, prende duas vezes a mesma pessoa num período de cinco dias

 Quem pode nos ajudar a enfrentar temível adversário? Quem pode nos ajudar a encarar a morte de um ente querido (ou de uma equipe inteira)? Donde buscar forças diante da tragédia? Respostas “exatas” da “razão” ninguém tem… Achar culpados é especulação… Mas, especulação não traz respostas. Uma coisa é certa… Somente um venceu a morte! Somente um pode ficar ao nosso lado e nos dar consolo que é maior/melhor do que qualquer palavra deste mundo…

É Jesus quem diz: No mundo vocês passam por aflições. Mas, tenham bom ânimo, pois eu venci o mundo (João 16.33). A morte é uma realidade constante no mundo decaído, sob o pecado. A morte abraçou o próprio Filho de Deus. Ela desencadeia diferentes reações. Ela pode despertar a fé e atitudes novas diante da vida.

A tragédia nos faz mais solidários. Aponta à fragilidade humana. Incentiva-nos a estender a mão e dizer: Estou aqui! Ou, ao menos, juntar as mãos e orar pelos enlutados, por aqueles que torcem, não pela vitória em campo do seu querido, mas apenas para que ele volte para casa. A tragédia nos leva a refletir pelo real sentido da vida, que pode ser muito, muito breve…

LEIA TAMBÉM  Outubro Solidário, você é quem faz a solidariedade! Conheça a campanha...

Por isso, sonhe, planeje, se esforce… Mas, jamais se esqueça do seu Criador (Eclesiastes 12.1). A cada manhã faça as palavras de Salomão suas… Senhor! Ensina-me a aproveitar bem o meu dia, segundo a tua santa vontade (Salmo 90.12).

 *Que Deus nos ajude a suportar a dor, a refletir sobre a vida e a ser mais solidários.

Enviado por: Euclécio Schieck

 

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here