ARTIGO: Utopia

IMG 20160616 WA0037 Precisamos de um mundo melhor para deixar para os nossos filhos. Todos nós queremos, mas parece que querer nem sempre é poder. As pessoas são mesquinhas em tudo, não são felizes, procuram a banalidade e a futilidade, esquecem os verdadeiros tesouros dessa vida que são os laços humanos. Digo humanos porque é o primeiro estágio da consciência, do valor da vida em todos os sentidos.

 

Quando a notícia da morte de um estranho nos comove é o princípio do retorno a fraternidade, ao amor e a felicidade. A vida passa rápido demais para refletirmos sobre tudo isso, mas à medida que procuramos a felicidade em todos os lugares, em todas as pessoas, em todas as coisas, desistimos exaustos, por uma procura vã, e sentamos a espera de uma luz, de uma providência, uma resposta. Olhamos, mas não vemos. Olhamos longe, usamos um sentido que de nada serve pra solucionar essa questão. Procuramos mal sabendo que a resposta sempre esteve conosco. Acordamos todos os dias numa vida rotineira, que desapercebemos a verdadeira felicidade, que está em dedicarmos atenção a própria existência, estarmos cientes de nossas limitações, nossas tolerâncias, nossas fraquezas e nossas impaciências.

 

LEIA TAMBÉM  Procura-se o dono...

Urgentemente precisamos nos amar para aprender a amar os outros. Temos uma visão distorcida de nossa imagem, queremos ser perfeitos para os outros, a ponto de nos anularmos em sociedade, precisamos aprender o valor sem a cobrança dos outros, esse é o primeiro passo para querermos o bem de todos, para que desejem o bem sem a inveja, sem a raiva. O não julgamento faz com que seu mundo se torne melhor, e tornando meu mundo melhor eu faço com que as pessoas que estão nele se sintam bem e carreguem para sim uma imagem espelhada e na tentativa ou no erro compartilhem essa felicidade com seus semelhantes.

 

Precisamos sentir novamente essa sensação de felicidade, de amor, esse processo até pode ser demorado, levar uma vida toda, mas será que você não tem esse tempo? Acredito que tem. Está sempre com o melhor beneficiado desse aprendizado que é você mesmo. Tente. Mas tente muito mesmo, fazer com que sua mente esteja aberta para mudanças radicais. Mantenha sua mente aberta, assim com a capacidade de se preocupar com a humanidade e consciência de fazer parte dela, e só assim construiremos um mundo melhor.

 

LEIA TAMBÉM  Participe da Festa da Primavera!

Por Joel Macedo

 

{fcomment} {jcomments off}

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here