ARTIGO – Um menino no colo…

ARTIGO 011116

 

 

Por que será que Jesus não tomou nos braços um marmanjo, um político, ou um santo qualquer? Acontece que Jesus tomou uma criança… Na verdade uma criança bem pequena, que ainda não tinha muita compreensão das coisas. Ele abraça com carinho o menino. Como isso, Jesus deixa claro que o seu reino é das crianças. Ele, como Senhor, é também o príncipe das crianças. Ele, como Mestre dos mestres, deseja também estar com elas. Com isso, Jesus diz: Se quiserem saber quem é o maior, fiquem comigo, pois eu sou tudo. Quem receber a mim recebe o Pai, o Criador do céu e da terra. Sim, recebe, ao mesmo tempo, céus e terra.

 

Recebe a Deus, como todos os seus dons. Assim aconteceu… Lá em Belém, veio o menino, Cristo. E, por meio dele, o Pai celeste. Não ficarei para sempre entre vocês corporalmente, disse Jesus. Em razão disso, quero pôr outra coisa diante de seus olhos, algo que vocês devem estimar como estimam a mim, a saber: “Qualquer que receber uma criança tal como esta, em meu nome, a mim me recebe, e quem receber a mim, recebe a meu Pai”. Por que, então, deveria eu procurar a Cristo longe, ou até mesmo subir aos céus na ânsia de encontrá-lo? Toda vez que olho e vejo crianças, vejo o próprio Cristo. Leia Marcos 10.13-16.

 

LEIA TAMBÉM  Caminhão roubado em Garuva é recuperado em São José dos Pinhais

* Mensagem de Martinho Lutero, adaptada.

{FCOMMENT}

 

 

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here