ARTIGO – Sou herdeiro?

artigo 220416

 

 

Muito rico, porém já idoso e cansado de sua vida cercada de bajuladores, Antônio tomou uma decisão radical. Resolveu aproveitar seus últimos anos de vida de maneira diferente, mais simples. Mudou-se para um lugar distante, no interior, onde ninguém o conhecia. Decidiu que iria compartilhar o muito que possuía com alguém que lhe mostrasse bondade, sem segundas intenções. Comprou uma casa modesta. Depois de algumas semanas fez um teste… Na pequena capela que frequentava, pediu a palavra e testemunhou que seu telhado estava quase caindo devido às goteiras. Isso era um FATO. Ele estava sozinho e não sabia o que fazer, pois não tinha recursos para o conserto. Isso era a PROVA. Quase todos se afastaram, com uma desculpa qualquer, não querendo se envolver com o velho estranho que nada lhes renderia. Porém, certo moço, recém-casado, apiedou-se do “pobre homem estranho”. Junto com sua esposa, resolveu ajudar.

 

LEIA TAMBÉM  Caminhão carregado tomba na BR-101 em Garuva

Enquanto ela fazia uma faxina no pátio, ele consertou o telhado, sem nada cobrar. Apenas disse: Deus é muito bom, pois lhe deu um pai, já falecido, que lhe ensinou diversos ofícios, também carpintaria. Ele fazia aquilo pela educação que recebeu no lar e em gratidão ao Senhor que lhe deu muitas oportunidades. Quando o casal se despediu, Antônio os abraçou e contou que vinha de longe e não tinha família. Mas, aquilo que tinha deixaria de herança ao jovem casal. Tal história questiona: Como temos usado as bênçãos que recebemos do Senhor? Ou… De que maneira beneficiamos ao próximo com a educação que recebemos de nossos pais? Afinal, o que temos feito de útil na curta vida que temos? O que ouviremos do Senhor no julgamento final: “servo bom e fiel” ou “nunca vos conheci”? Hoje o mundo nos estimula a buscar prosperidade e poder. Temos visto a ganância se espalhar por todos os lados. Infelizmente, inclusive dentro da igreja. O que nos difere do mundo? Leia Provérbios 1.7.

 

LEIA TAMBÉM  Em decisão na prorrogação, Tupy é campeã da Primeirona em Joinville

Por: Euclécio Schieck

{fcomment}

 

 

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here