ARTIGO – Milagre e Atitude

artigo 270416

 

 

 

Como de costume, Fábio foi ao Culto Infantil. A professora contou o milagre, onde Pedro achou uma moeda na boca do peixe, assim Jesus pagou o imposto. Fábio era filho de mãe solteira. Viviam na pobreza. Muitas vezes sequer sabiam o que iriam comer naquele dia. A mãe desempregada está cheia de dívidas. O menino pensou consigo: Bem que este milagre podia acontecer também com a gente… A professora terminou a lição dizendo: Jesus é o mesmo ontem, hoje e para sempre. Fábio saiu convencido de que o milagre poderia se repetir. Mas, precisava de um peixe para retirar a moeda. Onde conseguir? No caminho lembrou que na casa do tio havia caniços e também, na horta, minhocas. Pronto! Vou me preparar, ir ao rio e pegar um peixe. O plano funcionou até certo ponto. Na beira do rio, nenhum peixe mordeu a isca. Eu creio! Disse o menino olhando ao alto. Mas, onde vou arranjar um peixe? Mudou seu plano. Lembrou a peixaria do japonês. Mas, ali o peixe teria um custo. Ele não tinha dinheiro. Parou num canto e orou pedindo socorro ao Senhor. No que abriu os olhos, viu seu vizinho empurrando um carrinho de mão. Ele disse ao menino: Quer ganhar uns trocados? Leve o carrinho até a minha casa. Na volte te pago.

 

LEIA TAMBÉM  Polícia Militar de Garuva, apreende duas armas longas e farta munições

Assim aconteceu. Ganhou 5 reais, com os quais imediatamente foi à peixaria. O japonês olhou com desprezo o menino, dizendo que aquele dinheiro não dava nada. Todavia, se apiedou ao reparar que era um menino pobre, oferecendo 3 cabeças de peixes, que dariam um bom ensopado. Fábio pensou: A moeda estava na cabeça. Então, basta. O japonês embrulhou as cabeças num jornal. Faceiro o menino correu para casa. Contou toda a história para a mãe. Desembrulhou as cabeças e começou a examiná-las. Mas, para sua surpresa, não havia dinheiro algum. Ficou muito decepcionado. Chorando, disse não acreditar mais em Deus, não ir mais à igreja… A mãe percebendo a tristeza do menino pediu que fosse se deitar. Ela faria um gostoso ensopado, pois afinal as cabeças estavam ali. Ela cuidadosamente preparou a sopa, colocando no fogo. Ao limpar a mesa, recolher o jornal, reparou que se tratava de uma folha dos classificados. Havia um anúncio que estava destacado por uma mancha de sangue. Bem próximo da vila, uma família precisava de doméstica. Fábio descansava. Ela baixou o fogo e foi lá ligeirinho. Depois de meia hora retornou. Acordou o filho com a notícia: O dinheiro estava sim na boca do peixe. Mamãe está empregada. Ou seja, se você quer que o milagre aconteça, você precisa confiar, deixar que Deus faça do seu jeito… Mas, sempre fazer tudo o que está ao seu alcance para receber a bênção. Leia Mateus 17.24-27.

 

LEIA TAMBÉM  Outubro Solidário, você é quem faz a solidariedade! Conheça a campanha...

 

Por: Euclécio Schieck

 

{fcomment}

 

 

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here