ARTIGO – Bem-aventurados os pacificadores!


ARTIGO 170816

 

Algumas semanas atrás, um presbítero sugeriu que retomássemos as campanhas de alimentos nos cultos. A sugestão foi prontamente aceita. Já realizamos duas coletas satisfatórias. Um trabalho com crianças e uma família foram beneficiados. Há muito tempo atrás, após ser questionado sobre uma homenagem recebida, Jesus disse aos discípulos: “Sempre haverá pobres” (João 12.8). Não importa o grau de desenvolvimento de uma nação, igreja ou família, sempre haverá ao nosso redor gente carente de comida, de atenção, de carinho, de conselho, de sorriso… Dá pra fazer de conta que nada se vê quando Deus mostra uma situação complicada (Lucas 10.25-37)?

 

Em certas oportunidades, a gente dá conta do recado. Noutras, mobiliza-se alguém e/ou um grupo para fazê-lo… Na maioria das vezes, sequer é difícil resolver a questão, basta querer. Repare nas BEM-AVENTURANÇAS (Mateus 5.1-11) e tome uma atitude… Aja com humildade. Não se aproveite da situação para se engrandecer ou promover sua igreja. Apenas, console aqueles que choram, em resposta ao amor de Deus que te consola. Seja um pacificador! Que a paz do céu invada o teu coração e faça de ti um propagador da paz, um aliviador de sofrimentos.

 

LEIA TAMBÉM  CDL de Garuva promove palestra sobre Gestão Criativa. Participe...

 

{FCOMMENT}

 

 

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here