ARTIGO – Afinal, quem eu sou?

artigo 25042016

 

 

Certa vez um jovem príncipe decidiu abandonar seu reino para conhecer o mundo. A jornada seria de autoconhecimento e de reconhecimento de quem é Deus. Certa manhã chegou num reino distante, onde o rei, viúvo, sem filhos, estava à beira da morte. O andarilho entrou de fino no palácio e sentou-se no trono real. Os conselheiros, vendo-o ali, com ar tão tranquilo, resolveram interpelar: Por acaso, você é um príncipe, filho bastardo do rei? Não! Estou acima disso… Respondeu o jovem com firmeza e calma. Então, você é um rei de terras vizinhas, que veio nos governar?  Ou… Quem sabe primo do nosso rei? Perguntou outro dos conselheiros.

 

Estou acima disso! Respondeu com mais ênfase. Ah… Então, você é um enviado do Papa? Insistiu outro. Estou acima disso! A mesma resposta… Quando já estavam cansados de tantas negativas, um dos conselheiros atreveu-se a usar de ironia: Você por acaso é Deus? Também estou acima disso! Todos se entreolharam, mas o curioso conselheiro continuou: Mas, o que está dizendo? Acima de Deus não há NADA… Pois é justamente isso que sou! Exclamou o jovem, fechando a questão. De fato, somos importantes, pois somos obra de Deus. Mas, diante de Deus, somos insignificantes. Contentemo-nos em ser apenas servos. Leia Mateus 23.12.

 

LEIA TAMBÉM  Participe da Festa da Primavera!

Por: Euclécio Schieck

 

{FCOMMENT}

 

 

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here