ARTIGO – A canequinha da Dona Nilva!


 

 

Como de costume, logo cedo, após levantar-me, fui à cozinha preparar meu chimarrão. Junto ao filtro, donde retiro a água, observo a canequinha. Lembrei-me de Dona Nilva. Não sei há quantos anos, mas faz muito tempo, ela me presenteou a canequinha. Não sei se foi no meu aniversário, ou Natal, ou Dia do Pastor. Um presente simples, baratinho… Eis que a canequinha remete meu pensamento à “amiga” distante. Também, me faz refletir: Interesse essa história de presentar e ser presenteado. Na hora da compra, vem a dúvida: Afinal com o que devo presentear tal pessoa? Creio que muitos têm o mesmo sentimento. Algumas vezes damos grandes presentes…

 

Mas, totalmente inúteis. Outras, presenteamos com as mãos – às vezes até com a mente – mas, sem o coração. Dar de coração! Dar com alegria! Isso é bíblico: 2 Coríntios 9.7… Vale pra Deus. Vale também às demais pessoas. Quando vi a canequinha, vi o coração da Nilva. Percebi que algo maior nos liga, mesmo que a distância e o tempo tenham nos afastado. Meu chimarrão foi cheio de boas recordações. Um abraço à família Wasem.

 

LEIA TAMBÉM  VÍDEO: Bombeiros apagam incêndio ao lado de Rodovia em Garuva

{fcomment}

 

 

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here